1/3
Revitalização de área na QI 1
começa com plantio de grama
​Brasília, Dezembro de 2020
ASCOM Lago Sul

Terraplenagem e preparação do terreno para o plantio de grama são as primeiras etapas do projeto de revitalização paisagística do terreno, antes abandonado, da QI 1.  Antes utilizado para descarte irregular de lixo, acumulando entulhos, toda a extensão desta área vai ganhar cara nova, com o plantio de grama e de mudas de espécies nativas. Tudo isso resultado da parceria entre Administração Regional do Lago Sul e Novacap, que elaborou o projeto.

 

Concluída a revitalização, o terreno de 48 mil metros quadrados vai transformar a paisagem desta área próxima ao balão de acesso ao Aeroporto JK. Já está garantido o plantio de 35,1 mil metros quadrados de grama, nesta fase de recuperação da área degradada.

1/1

“O propósito é recuperar toda esta área, com muitos benefícios para os moradores próximos, até mesmo no escoamento das águas pluviais. No futuro, pode-se até pensar em um novo parque ecológico no Lago Sul, ampliando em muito as áreas de preservação ambiental de nossa região”, concluiu o administrador regional do Lago Sul, Rubens Santoro. Segundo ele, o importante é dar uma destinação nobre a esta área, tornando a paisagem mais agradável para os moradores e visitantes.

Transparência nas informações e atenção à comunidade são marcas registradas do Governo do DF

Nada menos do que 77 órgão públicos do DF alcançaram 100% em transparência ativa em 2020. Se em 2016, quando foi lançado o Índice de Transparência Ativa, apenas cinco órgãos conquistaram esta meta, agora a transparência nas informações e o atendimento eficiente e ágil das demandas da população já se transformam em marca registrada do Governo do Distrito Federal.

Entre os agraciados com a premiação da Transparência Ativa está a Administração Regional do Lago Sul que, por intermédio da Ouvidoria-DF, tem se esforçado para se aproximar cada vez mais dos moradores, atendendo com eficiência e agilidade os seus pleitos. Vária vezes, durante este ano, recebeu manifestações de elogios pela sua atuação.

Para a concessão do prêmio os órgãos passam por avaliação de alguns requisitos como: dados institucionais, publicação das ações e programas dos órgãos ou administrações regionais, convênios, licitações e contratos, atendimento ao público, entre outros, com ênfase na prestação de informações de interesse público.

1/1
Veja também

© 2021 Jornal Lago Notícias, de Brasília - Todos os direitos reservados.