1/2
Como transformar resíduos orgânicos em nutrientes para suas plantas?
​Brasília, Maio/Junho de 2021
.

A compostagem é uma técnica fundamental para manter o jardim ou horta saudável, sem uso de adubos e pesticidas químicos. O composto, quando estabilizado e disposto em meio às plantas, contribui para aumentar a fertilidade do solo, reduzindo a necessidade de outros tipos de adubos, além de proporcionar um destino correto aos rejeitos orgânicos gerados em casa. É possível aproveitar, por exemplo, os galhos e folhas da poda recém feita, triturando-os e incorporando o resultado gerado à compostagem. 

Os trituradores são equipamentos versáteis amplamente utilizados na agricultura e em pequenas propriedades, pois permitem triturar inúmeros materiais vegetais, que em seguida podem ser destinados à alimentação animal ou material para compostagem. Confira a seguir algumas dicas da Tramontina para fazer sua compostagem dar certo:

press to zoom

press to zoom
1/1
  • Separe e triture todos os resíduos gerados na limpeza do jardim, horta e da poda das plantas, como galhos, restos de vegetais, cascas, ervas espontâneas, etc;

  • Misture a proporção de 3 partes de materiais úmidos e orgânicos (cascas, frutas, hortaliças) para 1 parte de materiais secos (composto triturado, serragem, palha) e coloque em um canto da horta, uma caixa, ou uma composteira;

  • É fundamental revirar o conteúdo com frequência para oxigenar a mistura, favorecer a evaporação do excesso de umidade e aumentar a quantidade de ar. O tempo estimado de maturação do material é de 3 a 6 meses dependendo do clima­. Após este período o composto estará estabilizado, com cor escura, cheiro de terra, temperatura ambiente e pronto para ser utilizado em suas floreiras e canteiros.

1/1