1/2
Cirurgia de catarata favorece correção de outros problemas visuais
​Brasília, Fevereiro 2021
Com Dr. Hilton Medeiros, Oftalmologista  (CRM-DF 7469) 

A cirurgia de catarata é um dos procedimentos mais seguros e eficazes da atualidade. Com o avanço da tecnologia, esta cirurgia também pode ser aproveitada para corrigir outros problemas de visão. A lente intraocular, que substitui o cristalino opaco causado pela catarata, pode ser personalizada com o grau necessário para corrigir a visão para perto, longe ou distância intermediária, livrando o paciente dos óculos.

“Hoje, com as lentes trifocais, por exemplo, podemos corrigir o problema da catarata e também a presbiopia e o astigmatismo. Ou seja, o paciente volta a enxergar melhor e ainda se livra, na maioria dos casos, dos óculos”, esclarece o oftalmologista Hilton Medeiros, especialista em retina e vítreo da Clínica de Olhos Dr. João Eugenio, que já realizou mais de 30 mil cirurgias de catarata.

Segundo ele, isso é possível porque houve uma evolução tecnológica no cálculo das lentes intraoculares. No mercado existem diversas marcas e tipos de lentes intraoculares, que oferecem diferentes benefícios e resultados.

Outra vantagem da cirurgia de catarata nos dias atuais é que não é mais necessário esperar a doença amadurecer para removê-la, como se preconizava antigamente. “A catarata pode levar anos para se desenvolver, e a hora de operar é quando o paciente nota que sua qualidade de vida já está sendo prejudicada por dificuldade de ler, dirigir, assistir TV, entre outras atividades”, explica o especialista.

Equipamentos de última geração também têm trazido mais segurança e rapidez à cirurgia. O uso do Laser Femtosegundo, por exemplo, elimina a utilização de bisturis e garante uma cirurgia mais precisa e controlada que a técnica manual. O equipamento é ajustado de forma personalizada e, de acordo com as imagens fornecidas em tempo real por um tomógrafo integrado, realiza as incisões necessárias e também a fragmentação da parte interna do cristalino. Além de trazer melhor resultado para a visão, a cicatrização e o pós-operatório são mais rápidos.

Realizada com anestesia local, a cirurgia de catarata não causa dor e dura em média cinco minutos. A catarata é responsável por 51% dos casos de cegueira no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 28,7% dos brasileiros com mais de 60 anos sofrem da doença. O Centro-Oeste é a região com o maior índice de catarata do Brasil, atingindo 33,7% dos moradores com mais de 60 anos.

1/1

© 2021 Jornal Lago Notícias, de Brasília - Todos os direitos reservados.