1/2
​Brasília, Dezembro de 2020
Natal, Paz e Perdão
ENTENDENDO DIREITO  |  Com Patricia Garrote, Escritora e Advogada (OAB-DF 28400) 
LN_Cabeça_Entendendo.png

Tem gente que consegue, tem gente que não, e ponto final. Perdoar é para poucos. Se é para você, leitor, parabéns, e agora, mais do que nunca, é a hora certa para isso. Estamos no Natal e nada se compara a essa época do ano quando o assunto é emoção e afetividade. No Natal estamos mais vulneráveis e receptivos, repletos de amor e boas intenções. Não poderia ser diferente, já que nessa data celebramos um acontecimento mais que especial, o nascimento de Jesus, que nos deu a vida, morreu por nós como prova de amor incondicional — tipo de amor que não depende do que o outro sente, diz, pensa ou faz.

 

O verdadeiro amor é um sentimento pleno, perfeito e completo. É dado sem reservas, sem esperar nada em troca, exatamente como fez Jesus. E o perdão faz parte disso. Perdoar requer entrega, capacidade de se colocar no lugar do outro, humildade e compreensão. Requer, sobretudo, lembrar que antes de pensar em perdoar o outro é preciso aprender a se perdoar, o que é muito difícil para algumas pessoas que não se acolhem e por isso não acolhem nem respeitam ninguém, são exigentes consigo mesmos e com os outros. Perdoar, na verdade, é um exercício de compaixão. Sem perdão não há paz. E sem paz não há vida plena e feliz, pois só o perdão nos liberta.

 

O Natal provoca e convoca os nossos melhores sentimentos a se manifestarem e causarem alguma espécie de transformação – em nós e no mundo ao nosso redor. Por isso nesse dia só o que queremos é dar e receber amor, trocar presentes, chorar e nos emocionar lembrando que ninguém é perfeito, todo mundo erra e exatamente por isso merece nosso mais precioso abraço. E tudo isso para sentir a paz prometida pelo criador, a que liberta e limpa a alma: “Eu voz deixo a paz, a minha paz vos dou; mas não a dou como o mundo. Não se perturbe nem se intimide o vosso coração” (João, 14-27). Graças a Deus.

Que seu Natal, leitor querido, seja repleto de PAZ.

Votos de Patrícia Garrote e equipe

1/2
Veja também

© 2021 Jornal Lago Notícias, de Brasília - Todos os direitos reservados.