1/2
Brasília, Setembro de 2020
Isolamento Social
e Ansiedade
CORPO EM MOVIMENTO  |  Com Tom Mendes, Personal Trainer e Consultor (Cref-DF/G:00081)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o Brasil como líder de pessoas ansiosas no mundo, 18,6 milhões de brasileiros padecem deste mal. Isso representa pouco menos de 10% da população que sofrem deste transtorno. O período de pandemia pode acentuar esse quadro, desencadeando um estado de estresse e ansiedade permanentes que podem fragilizar o sistema imunológico e debilitar o equilíbrio mental. Algumas dicas a seguir podem ajudar a reduzir e a afastar de vez essa ansiedade:

  1. Mantenha a calma, evite notícias negativas e tendenciosas, procure canais de informações seguros e mantenha uma rotina saudável;
     

  2. Mantenha- se ativo. Evite manter uma rotina sedentária, procure atividades ao ar livre e faça exercícios localizados com orientações de um profissional de Educação Física;
     

  3. Atividades manuais estimulantes como jardinagem, gastronomia e artesanato também podem ser ótimas alternativas;
     

  4. Apoie-se na tecnologia. A tecnologia é uma grande aliada para a saúde mental durante a quarentena. Aproveite as redes sociais para manter contato com familiares, amigos, isso pode facilitar as relações e amenizar os impactos da distância.

Saúde mental na quarentena. Durante esse período, dificuldades físicas e psicológicas podem surgir, preze pela empatia. Uma criação de uma rede de apoio entre todos torna tudo mais fácil e suportável. Segundo Karina Stryjer, gerente de promoção de saúde da corretora de seguros Its Seg, uma solução para o momento seria investir em terapias presenciais e até mesmo online. Os canais de escuta são terapêuticos e certamente beneficiarão a população. Então mãos à obra!

- - 
 

A harmonia do seu corpo depende da qualidade dos seus hábitos.

1/2
Veja também

© 2020 Jornal Lago Notícias, de Brasília - Todos os direitos reservados.