1/3
Janelas CASACOR edição Brasília apresenta a casa pós-pandemia na visão de arquitetos e designers de interiores
Brasília, Setembro de 2020
Por Uma Comunicação

O que mudou em nossas vidas e em nossos lares com o novo Coronavírus? Quais são nossas novas necessidades e anseios? Tudo será digital ou o contato físico ainda mais valorizado? A CASACOR Brasília reuniu destacados arquitetos e designers de interiores da cidade para, através de um exercício criativo, refletirem e idealizarem a casa pós-pandemia. O novo morar na visão de 28 profissionais foi materializado em 13 vitrines que integram o projeto Janelas CASACOR, exposição gratuita de mobiliário urbano que acontece de 3 de outubro a 2 de novembro, das 8h às 21h, no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek.

A instalação, que também celebra os 60 anos de Brasília, pode ser conferida de duas formas pelo visitante: pessoalmente, contemplando externamente as vitrines - cumprindo as regras de higienização, segurança e distanciamento social à contenção da Covid-19 –, ou em tours virtuais aos projetos criados pelos 14 escritórios de arquitetura e design de interiores participantes. Lavatórios e totens de álcool em gel foram fixados nos 2,8 mil m² destinados à exposição e cujo projeto de implantação coube ao escritório Sainz arquitetura.

                                                                             

Com a edição 2020 de CASACOR - a mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas – adiada em função do momento atual, a exposição Janelas CASACOR surge com o objetivo de revelar os anseios do novo morar. Na edição brasiliense do projeto inédito, a casa é ressignificada. A morada pós-pandemia ganha nova função. O lar passa a ser multifuncional, um espaço para acolher, trabalhar, relaxar, viver e conviver. Ele transforma-se em refúgio zen, spa, home fitness, espaço de leitura, streaming room. A cozinha gourmet, assim como o home office, ganhou papel importante.

 

“Esse novo momento nos permite redirecionar o nosso olhar para a nossa casa. Se ela atende os nossos desejos. É um repensar para a nova função que ela até então exerceu.”, observa Eliane Martins, que ao lado das empresárias Moema Leão e Sheila Podestá, é responsável pela marca CASACOR em Brasília. “Estamos na parte central da cidade, facilitando o acesso do público à exposição.”, completa Sheila Podestá. “As pessoas poderão ir a pé, de carro, de ônibus, metrô ou mesmo de bicicleta para conhecer a mostra.”, conclui Moema Leão.

Brasília será a primeira das 11 cidades do país a receber o Janelas CASACOR. Participam da edição brasiliense, os escritórios Albuquerque e Peres (Hélio Albuquerque e Sonia Peres), com Refúgio do Leitor; Alf Arquitetura (André Alf e Marina Lage), Infinito Particular; Angela Castilho Arquitetura Interiores (Alex Rodrigues e Angela Castilho), Pausa...; Choque Arquitetura e Design (Dimitri Lociks e Simone Turíbio), Espaço feito à mão l Artesanato e Design Brasiliense; Entrequadra Arquitetos (Bárbara Alvarenga, Deborah Torres e Rafaela Gravia), Estar em Casa; Denise Zuba Arquitetos (Denise Zuba, Juliana Couto Juliana Zuba), Home Fitness; Zardo Arquitetura (George Zardo e Júlia Zardo), CARADECASA; Larissa Dias, Spa Deca; Leo Romano Arquitetura, Home Office; Lez Arquitetura (Gabriella Chiarelli e Marianna Resende), Espaço Hygge + BRBCARD; MAAI Arquitetos Associados (Arnaldo Pinho, Isabel Veiga e Mônica Pinto), “Espaço Família” por casapark + MAAI); Miguel Gustavo Arquitetura, Sleeping Box; e Ney Lima e Walléria Teixeira assinam o Box Gourmet São Geraldo. A Sainz arquitetura (Eduardo Sainz e Lilian Glayna Sainz) assina a conceituação do espaço Janelas CASACOR.

 

Medindo 6 x 2,44 (cada um), os módulos construtivos metálicos modulares industrializados da Mehta/Gravia (Gravia Indústria de Perfilados de Aço e Mehta Construções Industrializadas) permitem uma obra rápida, sustentável e customizada, uma casa que pode ser transportada ou ampliada conforme o desejo do seu morador e utilizado para diferentes soluções. QRCodes, instalados em cada janela, direcionarão o visitante para diversos conteúdos digitais. O Anuário CASACOR será 100% digital, com todo o registro da exposição e das empresas participantes. O Tour 3D de alta qualidade terá tag’s dos patrocinadores e mais informações sobre cada produto utilizado pelos profissionais.

1/2
Veja também

© 2020 Jornal Lago Notícias, de Brasília - Todos os direitos reservados.